Wi-Fi com 2,4 km de alcance? Sim, é possível!

Se tem coisa mais inconveniente no sinal de internet via Wi-Fi é a perda de conectividade devido à distância, que em muitos casos, não precisa ser muito longa. Sem contar os casos onde o sinal nem chega.

Para acabar com esse problema, a Amped Wireless lançou o que parece ser a solução para (quase) todos os nossos problemas com o tal sinal de internet: o SR600EX Pro Smart.

O nome é estranho, mas sua função é simples: espalhar Wi-Fi por todos os lados, inclusive em lugares onde o sinal é quase nulo. Seu alcance é de, nada menos, que 2,4 quilômetros! Isso mesmo, você pode fazer uma caminhada usando a internet da sua casa.

O aparelho, que tem design clean, possui antena bidirecional e amplificador de 600mW. O material de fabricação permite que o Pro Smart seja colocado em áreas externas, sendo resistente a variação climática.

Além disso, se você não quiser disponibilizar sua internet para toda a galera do bairro, basta colocar senha, escolher quem pode se conectar ou limitar a distância de alcance. Há também a opção de agendar o horário em que o aparelho ficará ligado.

Agora você deve estar pensando: “Nossa, como eu queria um Pro Smart para mim, mas deve ser muito caro”. Calma, essa belezura custa, somente, US$ 179,99!

Fonte | Gizmodo
Foto | Amped Wireless

TV conceitual da Samsung não tem tela

Por mais fina que seja a tela de uma televisão, é difícil imaginar um aparelho desse sem um visor convencional. Mas, um designer da Samsung, Joseph Dumary, conseguiu criar uma TV com essa característica.

Chamada de Samsung MSTV 3-D TV, a televisão é um conceito diferenciado, em que o usuário precisa comprar a base e a tela transparente separadamente. Essa característica possibilita que a pessoa compre telas do tamanho que quiser.

A base da televisão é simples e elegante, com apenas um discreto botão liga/desliga e o conector para acoplar a tela que, segundo o projeto de Joseph Dumary, teria seis opções de tamanho: 22, 32, 42, 46, 55 e 64 polegadas.

Claro que uma televisão desse porte não teria uma imagem normal. A transmissão é feita em 3D e o usuário não precisa de óculos para visualizar. Já o controle, foi substituído por um smartphone ou pode ser acionado por comando de voz.

Fonte e Foto | TechTudo

Pc de R$ 65 mil será vendido no Brasil

Você pagaria R$ 65 mil por um computador? Pois esse é o valor do HPC Box, uma super máquina que acaba de chegar ao mercado brasileiro. Apesar do alto preço, o computador é voltado para uso pessoal.

O preço é justificado pelo desempenho da máquina. O HPC Box possui a mesma tecnologia utilizada em grandes centros de pesquisa físicas e biológicas, como por exemplo em mapeamento genético, análises sísmicas e previsões metereológicas.

O computador é dotado dos potentes processadores da NVidia Tesla C2050 e C2070, capazes de processar informações cerca de 100 vezes mais rápidos que os processadores tops de linha.

Cada GPU Tesla realiza um trilhão de cálculos por segundo – 1 teraflop. Um detalhe importante sobre a máquina é que ela pode ter até quatro processadores trabalhando simultaneamente, ou seja, quatro trilhões de informações sendo processadas por segundo.

De acordo com a empresa SMB-Sunset, que comercializa a máquina, a meta é que cerca de 50 modelos sejam vendidos ainda neste ano. Para o ano que vem, a previsão é que os pedidos dobrem. O supercomputador pode ser adquirido sob encomenda.

E agora? O preço parece justo?

Fonte | SingComunica, Terra
Foto | Terra

Página de venda do iPhone 4 branco vaza e aumenta rumores de lançamento

Applemaníacos de todo o mundo foram surpreendidos, nessa segunda-feira, com o suposto lançamento da tão aguardada versão branca do iPhone 4. Os rumores começaram quando o aparelho apareceu à venda no site da Three, operadora de telefonia celular do Reino Unido.

O fato da Apple ainda não ter anunciado oficialmente a data de comercialização do iPhone 4 branco, e a Three não ter feito nenhum alarde sobre a disponibilidade do smartphone, gerou desconfiança.

De acordo com a página da operadora que oferecia o iPhone, o smartphone com 32GB poderia ser adquirido por £ 159 acrescidos de parcelas de £ 35, mediante contrato de fidelidade de dois anos com a operadora; os contratos variam entre £25 e £43 mensais, cerca de R$ 65 e R$ 110 respectivamente.

Representantes do site Pocket Lint tentaram efetuar a compra e foram informados, no site, que a entrega seria feita ainda esta semana, confirmando os rumores de que o aparelho estaria no mercado em abril.

Entretanto, Richard Lai, do Engadget, recebeu uma nota da Three dizendo que a página de venda do Iphone 4 branco havia sido construída juntamente com a versão preta e estava em fase de teste.

A expectativa agora é que a Apple esteja prestes a fazer o lançamento a operadora já está se preparando para o início das vendas. O Iphone 4 na versão branca está sendo muito aguardado. No final de 2010 surgiram informações de que o aparelho, que já estava pronto, não poderia ser comercializado por erros técnicos.

Fonte | Engadget, Pocket Lint
Foto | Engadget

Microsoft testa sistema operacional para residências

O bom funcionamento, e aceitação por parte dos usuários, de grande parte dos smartphones atuais vem dos sistemas operacionais. São eles os responsáveis pelas inúmeras funcionalidades, a gama de aplicativos, úteis ou não, e da interface gráfica, que costuma pesar na hora de escolher um aparelho.

E, com a tecnologia invadindo até as funções básicas de uma casa, como acender luz, abrir portas e ligar a televisão é necessário pensar em um sistema que ofereça, ao mesmo tempo, agilidade e praticidade. E foi o que a Microsoft Research fez, ao escolher 12 lares para testar seu sistema operacional exclusivo para residências, o HomeOS.

O funcionamento do sistema, de acordo com os seus desenvolvedores, é feito por meio de periféricos, responsáveis pelo funcionamento de tudo. E todos os elementos da casa podem interagir um com os outros, sempre comandados por uma central, que no caso pode ser o próprio computador ou um smartphone.

Dessa forma, eletrodomésticos, aparelhos elétricos, sistema de luz e água estariam interligados, como se a casa fosse um enorme computador e esses elementos como aplicativos. E você teria acesso a tudo com o HomeOS. Os desenvolvedores ainda estudam a possibilidade de criar gadgets, que podem ser baixados, para otimizar e customizar as funções.

Quem quiser saber mais sobre o HomeOS, pode acessar esse documento em PDF que a Microsoft disponibilizou.

Fonte e Foto | The Verge

Microchip carrega iPod por batimento cardíaco

Não é sempre que temos uma tomada por perto para recarregar nossos gadgets. Inclusive, ter que levar cabos e plugues para qualquer lugar, para não correr o risco de ficar sem acesso, não é uma ideia interessante, principalmente se seu destino é a academia ou uma festa.

Mas, como a tecnologia tem uma solução para (quase) tudo, esse problema parece estar perto de acabar. É o que garante uma equipe de cientistas norte-americanos que desenvolveram uma forma, digamos, inusitada e prática de recarregar o iPod: através dos batimentos cardíacos.

Para tanto, eles criaram um microchip dotado de um sistema com nanogeradores de energia. Ao perceber um mínimo de movimento, o microchip é ativado e começa oferecer eletricidade, carregando o aparelho automaticamente.

Sendo assim, basta estar com o iPod para ter ele sempre com bateria cheia. Contudo, não é necessário que você esteja em movimento; ao assistir televisão, por exemplo, o microchip irá gerar energia pelo simples fato do seu coração estar batendo!

A tecnologia ainda está em fase de teste, mas os cientistas esperam que, em breve, possa ser aprimorado para que outros aparelhos possam receber o sistema. Como o microchip é capaz de substituir a bateria convencional, os benefícios vão muito além da praticidade. Com certeza, o meio ambiente também irá agradecer.

Fonte e Foto | Folha

iTV: a possível televisão da Apple

E quando a tela do tablet, mais especificamente o iPad, da Apple, já não comporta os conteúdos que o usuário quer ver? Simples, é só criar um super tablet de 42 polegadas! E esse sonho pode estar muito perto de se tornar realidade, de acordo com os famosos rumores, principalmente o que vem do jornal Globe and Mail.

O tal aparelho de televisão, que pode chegar ao mercado em 2013, será semelhante ao iPad, mas em uma versão maior e mais completa. Funcionalidades como acesso a aplicativos, seria mantido, e outros novos incorporados, fazendo com que a iTV também tivesse, digamos, cara de aparelho televisor.

Dentre as especificações estariam a tela touchscreen, resolução FullHD de 1080p, visualização 3D sem a necessidade de óculos, além da incrível tela de 42 polegadas. Como bonus, os usuários poderiam jogar Angry Birds e rodar diversos aplicativos, inclusive com específicos para a TV. A conectividade com outros dispositivos da Apple, como iPhone e iPad, é dada como certa.

O Siri, sistema de reconhecimento de voz da Apple, também estaria presente na iTV. Assim, o usuário poderia comandar o aparelho somente com a voz, quando não quiser pegar outro dispositivo. Bom, como sabemos, rumores no mercado tecnológico é previsão de novidade em breve.

Fonte e Foto| TechTudo

Interagindo com o celular sem tocá-lo

Mesmo com a tecnologia nos possibilitando realizar diversas tarefas de forma nada convencional, ainda temos um certo estranhamento quando, por exemplo, alguém está falando ao celular utilizando fones de ouvido. Antes de percebermos, nos perguntamos se a pessoa está falando sozinha.

Já imaginou, então, se alguém utiliza a própria mão como se fosse um celular? Simulando uma discagem ou acessando mensagens na palma da mão? Pois pesquisadores da Alemanha tornaram essa maluquice possível com o que eles batizaram de “celular imaginário“, nome mais que adequado para a invenção.

Nada de chips ou eletrodos espalhados pelo corpo. A tecnologia utiliza sinal Wi-Fi e câmeras sensoriais, que captam o movimento dos dedos na palma da mão e os transfere para o celular em forma de comando. Com isso, o usuário não precisa nem tirar o aparelho celular do bolso.

Para demonstrar a tecnologia em funcionamento – que ainda está em fase de teste -, os pesquisadores utilizaram um iPhone. Durante as tentativas eles conseguiram desbloquear o aparelho, realizar chamada, programar o despertador, acessar a previsão do tempo e acionar aplicativos.

Então, se você ver alguém na rua teclando na palma da mão, não se assunte, ele pode estar ligando para alguém.

Fonte e Foto | Terra

Instaglasses: dispositivo que une Instagram e Google Glasses

Já pensou em ver o mundo, digamos, com outros olhos? Ver tudo lindo, como uma foto do Instagram? Se você é daqueles que gostaria de ter diversos filtros, como o famoso aplicativo, para deixar o mundo mais bonito, saiba que a solução pode estar próxima, graças ao Markis Gerke, um designer alemão.

O profissional uniu o Google Glasses, o tecnológico óculos da gigante das buscas, com o aplicativo mais baixado do momento, o Instagram. Batizado de Instaglasses, o dispositivo, como o próprio nome indica, reune funções dos dois sistemas, aumentando o leque de possibilidades para o usuário.

Com um design que remete ao Instagram, o óculos, que tem lentes escuras para sol, possui uma pequena câmera de 5 megapixels no lado direito, onde o usuário enxerga tudo como realmente é. A lente do lado esquerdo foi criada para suportar os filtros, que podem ser livremente selecionados por quem está utilizanto o dispositivo.

A integração acontece quando o usuário deseja fotografar algum momento. Basta acionar a câmera e pronto, a imagem é feita com o filtro escolhido. Além disso, caso queria compartilhar, é só enviar, através do próprio Instaglasses, para as mídias sociais. Isso é feito graças à conectividade Wi-Fi e 4G presente nos óculos.

O dispositivo possui memória interna de 2GB para armazenar as imagens e bateria com autonomia para até sete horas de funcionamento. Apesar de ainda não ser realidade, o Instaglasses pode um dia chegar a se tornar realidade, já que o criador confessou ter diversos pedidos para que o projeto saia do papel.

Fonte e Foto | Tecnologia

iDesk: A mesa dos sonhos dos applemaníacos

Conexão direta entre dispositivos, praticidade e design atrativo. Essas características estão no imaginário de muitas pessoa que querem uma mesa multifuncional e inteligente. A Microsoft já desenvolveu a SUR40, com superfície de 40 polegadas touchscreen, mas o designer Adam Benton acredita que os usuários merecem mais.

Por esse motivo, Benton criou a iDesk, uma mesa conceito capaz de sincronizar dispositivos, voltada àqueles que possuem diversos aparelhos tecnológicos, em especial, os que levam a marca Apple. Inclusive, o próprio nome indica a alta compatibilidade com os produtos da empresa do saudos Steve Jobs.

A iDesk, além de ser totalmente sensível ao toque, que permite utilizá-la como mousepad e trackpad, tem funções automáticas, como carregar os gadgets ao colocá-los em cima da mesa. Com a iDesk, os papéis se tornam obsoletos, uma vez que é possível anotar lembretes, agendar compromissos. Quer mais? Você também pode fazer chamadas direto da mesa.

Diversos aplicativos também podem ser acessados na mesa. Caso o usuário precise de um espaço para executar alguma atividade, ele pode delimitar um espaço na mesa. Outra vantagem é a possibilidade de criar um teclado virtual e poder transferir arquivos de um gadget para outro sem precisar encostar neles.

A mesa, como disse anteriormente, ainda é um conceito. Mas, da forma que a tecnologia está avançada, pode ser que em algum tempo ela vire realidade e vá parar no nosso quarto!

Fonte e Foto | TechTudo